quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

A Lenda de Materyalis - Resenha

A Lenda de Materyalis
As Crônicas de Aliank # 1

Autor: Saymon César
Ano: 2016 
Páginas: 239
Editora: Novo Século - Talentos da Literatura

Sinopse:
No princípio dos tempos, as sociedades de Hedoron acreditavam nos mandamentos dos servos de Materyalis, suposto deus criador do Universo e da vida. A lenda diz que a divindade se angustiou ao observar os atos corruptíveis das suas criaturas e atribuiu a si toda a culpa da imperfeição dos povos. Sua consciência atordoada separou sua essência em duas entidades, criadoras de ideologias extremistas que dividiram a crença das sociedades. Assim nasceu a materja, a guerra que visa a consolidação de uma verdade entre todas as raças. Avessa ao propósito da contenda milenar, surge uma sociedade secreta, que busca o único artefato capaz de desvendar o que realmente foi Materyalis e, assim, livrar os povos da dúvida que os condenou aos intermináveis confrontos. Mas, para chegar ao objetivo, é necessário usar a misteriosa aptidão de cinco indivíduos habitantes de Aliank, um reino dominado por contradições que podem apressar a ruína do mundo antes que a verdade sobre Materyalis seja revelada.


Resenha
No Princípio dos tempos, o deus Materyalis - criador do universo - decepcionou-se com sua criação  e resolveu dividir sua essência em dois deuses antagônicos... Materyon - o deus da benevolência -  e Marilis - o deus maldito, formado pelas energias negativas - e desde então as sociedades subdividiram-se em suas ideologias e o mundo passou a viver em uma guerra sem fim.
Logo no início do livro, nos deparamos com uma carta - Anotações Iniciais - que nos mostram o propósito da missão dos Veniristas - Os que eram detentores da sabedoria absoluta - . Essa carta no início é bastante detalhada e acaba deixando a leitura um pouco lenta, mas as informações são essenciais para um melhor entendimento da história.
... Uma sociedade secreta que busca encontrar o Sinkra, um artefato milenar capaz de revelar todos os segredos da criação, para que assim possam acabar com os conflitos ideológicos dos povos, permitindo que a sociedade de Hedoron possa desfrutar tempos pacíficos.
A história vai sendo narrada através de visões realizadas com o Sinkorbe - um cristal - e vão revelando a busca por 5 seres - denins - que possuem aptidões - dens - capazes de controlar energias em Hedoron.

A Lenda de Materyalis é uma fantasia incrível, a criatividade do Saymon vai além do que já conhecia em diversos livros do gênero que já li, apesar de conter alguns personagens conhecidos como: dragões, elfos e nós, humanos... conhecemos personagens singulares como os majurks, ajargs... e somos surpreendidos com seres e poderes novos, ele também nos apresenta o mundo de Hedoron com uma riqueza de detalhes que nos faz visualizar o que estamos lendo. E ainda nos identificamos com conflitos religiosos entre crenças e "o bem e o mal", algo comum na nossa realidade atual.
Gostei bastante da diagramação e revisão do livro, não encontrei erros ortográficos e as folhas são amareladas e com fontes propícias para uma boa leitura.
Super recomendo o livro! Mais um nacional de fantasia incrível, com um toque medieval e que merece destaque por possuir uma escrita inteligente e instigante. Já ansiosa pela continuação!


Ps.: Os fãs de RPG não podem deixar de ler 😉

Para conhecer mais sobre As Crônicas de Aliank e acompanhar as novidades nas redes sociais é só dá uma olhada nos links a seguir!
E você ainda pode encontrar A Lenda de Materyalis com um precinho incrível nos sites da Saraiva e Amazon (Apenas R$ 9,90😮)