segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Bom dia Amantes dos Livros :)

Como prometido aí vai nossa Entrevista Especial Com o Nosso parceiro... O Autor  Nacional ... Diego Demetrius Fontenele...

Um pouco de Diego Demetrius Fontenele para os Amantes dos Livros 


1.       Conte-nos um pouco sobre a sua vida, onde nasceu, e se tem outras profissões.

Agradeço a oportunidade de participar desta entrevista. Nasci e morei até os nove anos em Brasília, DF.  Com 10 anos mudei para o Rio Grande do Sul e lá comecei a escrever meus primeiros versos. Residi ainda em Minas Gerais antes de voltar para o DF. Além de escrever, gosto também de me dedicar à leitura, a jardinagem. Na parte profissional sou um arquivista formado pela Universidade de Brasília e atuo na área de organização de acervos.  

2.       Defina o que é ser poeta para você, e como você se descobriu um.

Pergunta difícil. De acordo com um dicionário que vi recentemente poeta é aquele que escreve versos, autor cuja obra é impregnada de poesia.  Considero que ser poeta é estar numa busca constante pela forma perfeita de manifestar a beleza, manifestar os sentimentos, de manifestar a vida. Tinha muitas dúvidas se conseguiria ser considerado um poeta. Só me dei conta que havia me tornado um quando peguei um exemplar do meu primeiro livro em mãos. Curiosamente tanto o dia do arquivista como o dia do poeta são comemorados no mesmo dia.  

3.       O que você acha sobre o espaço da Literatura Nacional em nosso país?

Atualmente tenho visto diversas iniciativas na área para difundir o que o País tem produzido de melhor. O interesse pela literatura tem aumentado a cada ano e o surgimento de diversos blogs literários reforça que estamos no caminho certo, tanto no quesito divulgação como na avaliação de boas obras.  Acredito que ainda existe um longo caminho para que a Literatura Nacional seja amplamente valorizada e apreciada, mas o espaço que já foi conquistado está cada vez mais consolidado e temos tudo para crescer ainda mais.

4.       Você tem um local, e um momento preferido para escrever, ou não faz diferença?

Não tenho um local ou momento que seja o preferido. Até procurei reservar um momento e local para tal, mas acabou tendo o efeito contrario ao que esperei.  Foi um pouco castrador de ideias. Tentava escrever um pouco todo dia, nem que fossem dois ou três versos, mas meus momentos de inspiração geralmente são inesperados. Acontecem durante provas de concurso, esperando pra ser atendido num hospital, em filas de banco, dentro de supermercados. E posso passar meses sem escrever um verso, como posso produzir vários poemas num único dia. O que costumo fazer é anotar uma ideia e ir desenvolvendo-a aos poucos depois.

5.       Quantos livros já escreveu e quantos já publicou? Fale-nos um pouco sobre ele.

Publicado apenas um, e com algumas participações em antologias.  Mas já tenho pronto outros quatro, todos de poesia. Tenho também um esboço para um de contos, mas nunca fico satisfeito com o que escrevo.  Sobre o livro já publicado posso dizer que reúne poemas escritos entre 2006 e 2013 (com duas exceções de 2001 e 2002). Procurei reunir os poemas de forma que funcionassem tanto no todo como individualmente. A maioria dos poemas presentes em Despertar e outros poemas trata sobre amor, mas a espaço para falar sobre amizade, solidão, determinação e superação de limites.

6.       De todos autores que já leu, tem algum que te marcou? Tens o seu preferido?

Minha favorita é sem dúvida Agatha Christie.  Ela sabia como retratar as pessoas em seus livros e abordar temas relevantes. Ao ler um livro dela me senti tão inspirado que voltei a escrever poemas depois de alguns anos sem produzir nada. Ela foi uma fonte de inspiração pra mim.


Diego Demetrius Fontenele...
·        
  • Uma palavra: Amor
  • Um livro: “Amor” da Isabel Allende.
  • Uma música: The Greastest Love of All, na voz de George Benson.
  • Uma frase: “Põe tudo quanto és no mínimo que  fazes.” Fernando Pessoa.
  • Um sonho: Viajar pelo mundo.
  • Uma pessoa: Minha Mãe.
  • Um lugar: Onde possa encontrar paz e tranquilidade.
Obrigada Diego Fontenele, pela confiança e disponibilidade... Sucesso Para você... Sucesso em nossa Parceria! ;)
Mércia Machado