quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Despertar e Outros Poemas - Resenha

Boa Noite Amante dos Livros!


Vamos de RESENHA! ;)


"Despertar e Outros Poemas" 
Do nosso parceiro, Diego Demetrius Fontenele.

Sentimento

...Não se pode negar
Que ele nos faz chorar
Mas torna muito maior
Nossa simples vida.

Já Fazem alguns dias que recebi do parceiro do Blog, Diego Demetrius, esse livro riquíssimo em poemas.
Tenho que admitir... Esse tipo de leitura é a minha paixão S2

Escrever é um dom... Mas ser poeta, é ainda mais... é falar com o coração.

Quando iniciei a leitura
Foi difícil conseguir parar
Esse livro para mim...
Foi realmente um "Despertar".
Minhas mãos e meus versos
Estavam brigados...
A algum tempo sem se comunicar.
O porque? 
Não é tão dificil explicar...
Minha mente estava focada em algo,
Que eu necessitava muito conquistar.

Caro poeta Diego
Na segunda página do teu livro
Eu me reencontrei
Terminei de ler o poema sorrindo...
Não sou mais tão "jovem"
Porém "Aprendiz"... Eu sempre serei.

Palavras para um jovem aprendiz

Você nem sempre verá pelo caminho beleza
Mas nem por isso desista da jornada
Pois posso te afirmar com toda a certeza
Que chegarás ao fim da estrada.
Gente!!!
Vocês precisam ler esse livro!

Existem muitos leitores que nunca degustaram esse gênero literário, sem ser para fins escolares.
Talvez seja por isso, que muitos não apreciam um bom poema ou uma linda poesia.
Mas com certeza esse é o gênero literário que mais consegue expressar a linguagem especial de dar vida ao sentimento para quem está lendo a mensagem. Seja esse sentimento amor... Duvida... felicidade... tristeza... solidão... ilusão... emoção...

E tudo isso e muito mais, eu encontrei nesse livro!
Parabéns Diego Demetrius Fontenele, que você seja sempre esse eterno aprendiz...

Afinal, sou apenas mais um aprendizExpressando meus sentimentos em versosVivendo e sendo plenamente feliz.
Sucesso para ti... e obrigada por dividir conosco essa obra, rica em sentimentos e emoções.

Para Finalizar... Só tenho mais algo a dizer!
Amei e super recomendo!
E para os amantes dos livros
Mais um pequeno trecho deixarei
Ele se encontra no poema "Limite"
Foi na página 97 que encontrei.

Limite

Por fim percebi
Que limite é só a porta
Do desconhecido
Esperando ser desbravado
Seja você também destemido
E não se contente com seu limite.

Espero que tenham ficado com gostinho de quero +