terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Resenha dupla - A Página Certa

Hoje teremos resenha dupla no blog!
A Página Certa 
Autor: Laplace Cavalcante
Páginas: 228
Editora: Ases da Literatura
Sinopse:
Já na idade em que as mulheres geralmente estão casadas e planejando seu primeiro filho, Cláudia relaciona isso ao insucesso de sua carreira profissional. Afinal, quem compraria romances de uma escritora fracassada no amor? Para piorar, sua editora não renovou seu contrato. Desesperada sem saber que rumo tomar, a escritora recebe uma incomum proposta de um grande empresário.
Excêntrico, dramático e mesquinho - dentre outras "qualidades" que possui -, Renato quer a ajuda de Cláudia para encontrar uma mulher para casar. Apesar de estar certo que nenhuma mulher recusaria o grande partido que ele é, por não ser nada romântico, o empresário chega à conclusão que só a escritora de romances ilusórios sobre a fantasia do amor verdadeiro - segundo ele próprio - poderá ajudá-lo. 
A proposta vai contra tudo o que Cláudia acredita, mas as contas estão se acumulando e seu corpo precisa mais que achocolatado e bolacha para sobreviver. Será que a escritora dará conta de cumprir esta missão quase impossível?

“Os únicos sonhos que não temos chances de alcançar, são aqueles dos quais desistimos.” – Laplace Cavalcanti
Sabe aquele romance que te faz suspirar, rir e se emocionar?
Pois bem... A página certa é ainda mais que isso!
Resenha 1
Eu estava super curiosa para ler o livro, principalmente por saber que a história se passa na minha capital paraibana, João Pessoa.
A Página Certa trata-se de uma comédia romântica, narrada em 3ª pessoa, que mesmo que em alguns momentos possa parecer clichê, sempre acaba nos surpreendendo. 
Os personagens são muito bem trabalhados, não apenas os principais, mas também os secundários, todos são marcantes e dão o seu toque especial ao enredo.
Renato... Um grande empresário, rico, lindo, arrogante, mesquinho e prepotente – calma, não precisa odiá-lo por isso, ele pode te surpreender – Vive em constantes farras, é muito “mulherengo”, não acredita no amor, tem aversão ao casamento e por isso seus casos nunca chegam nem ao status “namoro”.
Marcos... Motorista, amigo de infância, companheiro para todas as horas e anjo da guarda do Renato, sempre pronto para tirar o patrão das piores enrascadas, porém o único que tem coragem de abrir a boca e falar para ele todos os seus defeitos – único, até certo momento -, também é um homem lindo, inteligente, romântico, cheio de valores morais e um apreciador de livros, principalmente do gênero romance e sua autora preferida é a “não famosaCláudia Prado.
Cláudia... Uma escritora de romances, que acreditava no amor verdadeiro – apesar de nunca ter vivido um -, que insistia em esconder as primeiras marcas de expressão que surgia pela idade, apesar de já estar lançando o seu terceiro livro e de ter seus leitores fiéis, não conseguia alcançar o sucesso desejado, e o fato de não conseguir encontrar “sua página certa”, também a deixava na dúvida sobre seus pensamentos tão românticos.

Alguns personagens secundários – e extremamente importantesBeatriz, a dona do “Aromas & Sabores”, uma cafeteria que ficava no centro de João Pessoa, Fabiana, uma garçonete da cafeteria e ex aluna do curso de Design de Interiores – teve que trancar a faculdade por dificuldades financeiras - ... entre outros que você vai se encantar e se surpreender durante a leitura do livro.

Cláudia e Beatriz são amigas íntimas e é no Aromas & Sabores que a escritora vai todas as tardes esperar que apareçam novos leitores dispostos a comprar seu livros – uma duradoura sessão de autógrafos -, e é lá também que as duas sempre entram naquelas sessões de desabafos... A Cláudia está desesperada por sua editora ter decidido romper o contrato, alegando que a sociedade atual não valoriza mais esse tipo de literatura, e com o insucesso do seu novo romance, está um pouco difícil pagar as contas.

Marcos, um fã de carteirinha da autora já foi pegar seu autografo e acredita no potencial da Cláudia Prado, seu livro “Amor Perfeito” tem sido companhia constante do Marcos dentro do carro, o que faz o Renato zombar muito dele, cada vez que o vê.

Renato, apesar de não abominar a possibilidade de um dia se casar, não gosta quando Marcos fala que ele nunca conseguiria encontrar alguém que o aguentasse e isso o deixa tentado a provar o contrário...

“É daqui que você tira o sentido da coisa? – questionou Renato, debochando, pegando o livro Amor Perfeito das mãos do amigo – Isso é tudo fantasia. – Jogou o livro sobre o banco.

Renato aposta com Marcos que irá encontrar uma mulher e seduzi-la à ponto de fazer com que ela queira casar-se com ele – mesmo que o passo seguinte seja dá um pé na bunda dela - e Marcos continua achando isso impossível.
Depois de muitas tentativas que além de lhe causar gastos foram todas sem sucesso, Renato decide contratar a Cláudia para ser sua consultora sentimental e apesar da escritora o achar insuportavelmente arrogante, aceitou, precisava muito de dinheiro naquele momento.

Bom, o que vem a seguir depois que o destino desses personagens se cruzam, só vocês lendo para saber, mas já posso adiantar que tudo que eu pensava que viria nas próximas páginas, o Laplace acabou me mostrando o quanto a precipitação nos leva a palpites errados hahaha.

A escrita do Laplace é muito original e envolvente, prende o leitor e faz com que você sinta necessidade de avançar a cada página, afim de saber o que pode vim a seguir. E ainda nos traz importantes exemplos de amizades verdadeiras e superações, como também nos faz pensar se já encontramos a página certa... e se encontramos, o que estamos fazendo para continuar vivendo essa “página”, se não encontramos... o que poderíamos fazer para mudar isso, será que estamos lendo o livro certo?

Gostei da edição do livro, as folhas são amareladas e a fonte tem um bom tamanho e espaçamento, não encontrei nenhum erro. Quanto a capa, acho que o autor quis dá um destaque para a cidade, colocando um dos principais pontos turísticos - O Farol do Cabo Branco -.
Eu AMEI o livro, e confesso que apesar de o final ter sido bem amarrado, eu adoraria que o autor nos levasse a mais uma vez a embarcar juntos com esses personagens nas páginas certas de um novo livro.





Resenha 2
A Página Certa é um livro de fácil entendimento, tem vários diálogos onde podemos nos divertir ou até mesmo chorar com os dramas, encontros e desencontros dos personagens. 

O Laplace nos conta a estória de uma escritora que se desespera ao ver que seus livros não conseguem alcançar o sucesso que ela almejava, e por isso a editora desiste de publicar suas obras e assim a Cláudia se vê sem emprego, já que o contrato com a editora pagava suas contas. 

A maneira com que o autor nos apresenta o drama da escritora, e por que não dizer que ele retrata as dificuldades sofridas por muitos escritores que não conseguem nem mostrar seus livros nas editoras e acabam sofrendo até preconceitos ligados ao estilo de seus livros, mas ele usa uma linguagem divertida, e passa o mensagem com leveza. 

O drama de Cláudia aumenta quando ela tem que encarar o excêntrico Renato, que não acredita no amor a faz críticas nada construtivas aos romances escritos por ela. O Renato quer provar para o Marcos seu amigo e fiel escudeiro que qualquer mulher aceita se casar com ele, por se considerar um bom partido, e nessa empreitada faz uma proposta a escritora, que fica chateada e ao mesmo tempo tentada a aceitar pois precisa pagar as contas. 

Onde todos buscam encontrar “A Página Certa” de suas vidas. 
A Cláudia conseguirá provar para o Renato que ele está errado e que o amor existe? 
O Renato encontrará seu verdadeiro amor? 
E a Cláudia vai conseguir ser feliz e ter sucesso como romancista e também encontrará seu príncipe encantado? 

Só lendo o livro para descobrir, eu gostei e recomendo.







Nascido em 1989 em João Pessoa - PB, Laplace Cavalcanti escreveu sua primeira história aos 8 anos, não tendo parado desde então. Aos 13 anos foi um dos agraciados pelo Prêmio Jovens Autores do Pio XI Bessa, colégio onde estudava. É o autor dos livros A PÁGINA CERTA e PASSOS DE UM UNIVERSITÁRIO, e de diversos contos publicados na Amazon e no Wattpad. Além de escrever também possui um canal no Youtube onde posta vídeos sobre literatura, vlogs e às vezes alguns gameplays.

O Laplace está lançando seu novo livro - Tábula Rasa - pela Editora Coerência, ainda não foi marcada a data para o lançamento, mais vocês podem conhecer mais sobre a obra entrando na página oficial do livro no site da editora - Aqui - ou assistindo ao vídeo do próprio autor que deixarei a seguir.